domingo, 2 de março de 2014

A BADERNA,COMO SURGIU?




O BLOG DE FEVEREIRO/MARÇO/14

PORQUE O RISO É FUNDAMENTAL!




VOCÊ SABE COMO SURGIU A BADERNA?
Tristeza e saudade para uns, alivio para outros.Amanhã,ao meio dia,a cidade voltará ao normal,a vida vai seguir o seu curso,estudos,trabalho,seriedade.As dores que estavam meio anestesiadas pela folia,voltarão mais fortes;a alegria fabricada com dia e hora marcada para terminar,abandona o dono sem dizer adeus.Cai-se na real,o que,convenhamos,é melhor do que cair de um terceiro andar .Ou de cima de um trio.Amores de carnaval desaparecem na fumaça,como diz a canção e o prosaico retoma seu lugar.Adeus,adeus,  ano que vem  tem mais.
Muitos,principalmente os eternos mal humorados,acham o carnaval uma baderna.Enchem a boca para dizer esta palavra sem nem ao menos saber o que ela significa.Mas,é uma estória de amor.
Contam os antigos que,na cidade dePiacenza,Italia,nos idos de 1828,nasceu uma bela moça chamada Marietta Baderna.Nunca se sabe de onde lhe veio o nome,talvez de um ancestral marinheiro.
O certo é que a linda garota tornou-se bailarina,venceu os preconceitos inerentes á profissão,e entrou para o elenco do famoso Scala,de Milão,com quem excursionou por toda a Europa.
Quando a Italia,dominada pela Áustria,baniu os teatros e os artistas,Marietta veiu dar com os costados no Rio de Janeiro,por volta de 1849,sabe-se lá porque.
O sucesso desta moça foi tão grande que ela tinha uma enorme quantidade de fãs,todos muito apaixonados e capazes de lhe ofertar a lua e as estrelas.Com frequencia,uns se batiam com os outros em brigas homéricas,criando enorme desassossego nas ruas desta cidade pacata,que só queria passear em paz na Rua do Ouvidor,sem ser desacatada por brigões irresponsáveis.
Os Romeus briguentos foram apelidados de badernistas e daí surgiu a palavra baderna,significando confusão e desordem.



                           O CARNAVAL,NO BRASIL


O RIO TEM O MAIOR CARNAVAL DO MUNDO.
RECIFE TEM O MELHOR CARNAVAL DO PLANETA.
SALVADOR TEM UM CARNAVAL UNIVERSAL.
SÃO PAULO TEM UM COLORIDO CARNAVAL TUCANO.
BRASÍLIA TEM O MAIOR BLOCO DE SUJOS.

MAS,OS PALHAÇOS SOMOS NÓS!...


                   UM  POEMA DE CEZAR UBALDO

PALHAÇOS

PALHAÇOS ERAM TRÊS,
COLANDO NOSSOS CÉREBROS,
CALANDO NOSSOS CORAÇÕES
COM LÁGRIMAS COMO NEBLINA

COM VIRTUDES MUITO OCAS
NO PALCO-PORTO DA DOR.
COM AS BOCAS SELADAS
E UM RISO MORTO NOS PULMÕES.

PALHAÇOS ERAM DOIS,
COM UMA FERIDA IRADA
NOS OLHOS,PEDRAS DE SANGUE
CHOVENDO MANHÃS
SEM LUZ,SEM ECOS...

PALHAÇO SÓ.FICOU
COM RISO FEITO CICATRIZ DE MEDO,
SEM VOZ,ESCUDO E APELO
TALVEZ SENDO O VERSO,
CERTO ESPANTO DOS CASAIS,
CAMINHANDO SOB AS LUZES DE GÁS NEON...




CcezarcC Cezar Ubaldo de Oliveira Araujo nasceu em 2 de outubro de 1950,filho de Francisco Marques Araujo e Zilda Oliveira Araújo,ambos educadores,na cidade Princesa de Feira de Santana,às 5 horas de uma segunda- feira,quando ainda existia a feira- livre no centro  comercial da segunda maior cidade da Bahia.
É Professor,Pedagogo.Membro da Academia de Cultura da Bahia,indicado pela escritora Miriam Salles,participa de vários sites como Overmundo, Portal Literal,Recanto das Letras,Baú da Princesa,A Bahia de Outrora,Portal CEN-Portugal,Arriversos-Espanha,PoetasdelMundo,além de ser articulista dos jornais eletrônicos Vivafeira, Infocultural ,Acontecebahia ,Jornaldapovo.
Publicou em parceria com o poeta Carlos Lima o livro Das Liberdades e Convicções do Homem,e,individualmente o livro Poemas de Bem-Querer e Outros Quereres.É autor  e diretor teatral.Amante da boa música e da boa literatura,do canto e da dança.Prepara o próximo livro para lançamento em breve.
cezarletrasdeubaldo77@gmail.com



                                  CARNAHUMOR                             







                                                   MUITO RISO E MUITA                                                                 ALEGRIA  !                                          


Um comentário:

  1. Ah, uma baderninha de vez em quando não faz mal para ninguém. Hehe

    ResponderExcluir